Menu

Menu Principal

Menu

Menu Principal

Afirmação da excelência: Entrevista a Fausto Amaro

/
/
Afirmação da excelência: Entrevista a Fausto Amaro

Maio é sinónimo de aniversário para o ISAVE – Instituto Superior de Saúde. Este ano, os festejos assentam no mote “Um futuro brilhante”, perspetivando a continuação do reforço do trabalho iniciado pela nova entidade instituidora. Fausto Amaro é o novo rosto da Presidência do ISAVE e, em entrevista, revelou alguns dos desejos para o futuro.

Este 7º aniversário do ISAVE é o primeiro celebrado pela SINTDEI, a nova entidade instituidora. Que motivos levaram a sociedade a assumir uma posição de liderança no projeto do ISAVE?

Fausto Amaro: A principal motivação para assumir a liderança do ISAVE prende-se com o desejo de disponibilizar os meios necessários para o cumprimento da missão do ISAVE no respeito pelos ideais democráticos, o combate às desigualdades sociais, o respeito pela diversidade e pela afirmação da excelência no ensino e investigação científica.

Nos últimos anos, o ISAVE assistiu a um aumento muito significativo do número de estudantes o que motivou a abertura de novas instalações em Amares. As instalações agora disponíveis dão resposta a esta situação? Pontualmente ou em termos futuros?

Fausto Amaro: Sim, a direção do ISAVE fez um investimento em novas instalações onde funciona agora o curso de Fisioterapia. Para já, o novo edifício do ISAVE é suficiente, mas estamos preparados para o aumento de alunos, no futuro, e se vier a ser necessário continuaremos o investimento nesta área.

Em termos de oferta formativa o que se perspetiva? Manutenção dos atuais cursos? Alargamento da oferta?

Fausto Amaro: Os cursos existentes irão continuar enquanto houver procura, mas estamos a estudar a possibilidade de aumentar a oferta educativa com a criação de novas licenciaturas e mestrados.

No que diz respeito aos mestrados, para quando e em que áreas? E no que diz respeito a doutoramentos?

Fausto Amaro: Nós esperamos ter o primeiro mestrado a funcionar em 2023/24, mas claro, isso depende da aprovação da agência nacional de acreditação (A3es). Em princípio, cada licenciatura deverá prosseguir para mestrado.

A criação de doutoramentos também é um objetivo?

Fausto Amaro: Os doutoramentos não são legalmente possíveis em escolas como a nossa.

Hoje, o diálogo entre universidades de diferentes países tornou-se quase um imperativo. A internacionalização do ISAVE é um objetivo? Concretizável de que forma?

Fausto Amaro: Entre os objetivos do ISAVE está também a internacionalização. A cooperação no ensino superior é altamente desejável pela dinâmica que traz e pela troca de novas ideias e boas práticas. O ISAVE continua a desenvolver esses contactos tendo em vista o intercâmbio de alunos, professores e funcionários; a realização de investigação científica em parceria; e a contribuição, na medida do possível, para a melhoria da sociedade.

E quanto à investigação? Que balanço faz da atividade do Centro Interdisciplinar em Ciências da Saúde? Que peso pretendem que a investigação tenha no Instituto?

Fausto Amaro: A investigação científica é fundamental para o desenvolvimento e para o ISAVE é uma das prioridades. O objetivo é claro: contribuir para a solução dos problemas locais, regionais e nacionais.

Fotografia: Natércia Machado

Sendo indiscutivelmente uma mais-valia para o território de Amares, que postura defende no que respeita ao relacionamento do ISAVE com as entidades locais?

Fausto Amaro: O ISAVE já tem bom relacionamento com as entidades locais, públicas e privadas. O nosso espírito é de cooperação com quem quiser cooperar connosco. Nós acreditamos que essa é a melhor via para o desenvolvimento. Como diz o povo, a união faz a força.

Quais considera serem os grandes desafios que a contemporaneidade coloca ao ensino superior e, particularmente, ao ensino superior privado?

Fausto Amaro: Os desafios do ensino superior são os mesmo para o ensino público ou privado. O grande desafio para o ensino superior é conseguir uma formação integrada do ser humano, através de uma formação que valorize também os homens e as mulheres como seres humanos, a par de uma elevada qualificação técnica e científica.

Em mês de aniversário do ISAVE, que mensagem deixa à comunidade académica do ISAVE?

Fausto Amaro: Trabalhem para ser os melhores, no respeito pelos outros. Sejam felizes.

Últimas Atualizações

Loading...