FISIOTERAPEUTA FORMADO NO ISAVE EM ENTREVISTA

Joao beiramar

Nome: João Beiramar Sousa

Idade: 24

Formação Académica obtida no ISAVE: Licenciatura em Fisioterapia

Data de conclusão do curso no ISAVE: Julho de 2015

Outra Formação complementar obtida posteriormente: Master em Fisioterapia no Futebol, Formação Terapia Manual, Terapia Miofascial e Terapia Visceral Regenerativa.

Função e local de trabalho atual: Fisioterapeuta no Sporting Clube de Braga (Departamento de Futebol Feminino) – 1ª Liga Portuguesa; Fisioterapeuta no Sport Clube Maria da Fonte (Futebol Sénior Masculino) – Pró-Nacional AF Braga

 

Considera que o ISAVE o/a preparou para as exigências do mercado de trabalho na sua área profissional?

Ao longo do curso tive a sorte de ter sido ensinado por bons profissionais que, além de serem bons professores, eram excelentes e experientes fisioterapeutas. Isso foi uma mais valia porque me preparou, não só no contexto teórico, mas para o dia-a-dia da vida de um fisioterapeuta.

 

Como descreve o seu percurso no ISAVE?

Foram quatro anos fantásticos que passaram num piscar de olhos. Não foram fáceis, pois o curso é bastante exigente, mas deixam saudade, pelo bom ambiente que se fazia sentir no tempo lectivo.

 

Consegue recordar-se de alguns dos melhores momentos que passou no ISAVE?

O primeiro e o quarto ano foram os mais marcantes, por razões obvias. O primeiro, porque faz parte de uma mudança gigante na vida de um estudante, pela praxe que nos deixa boas e inesquecíveis recordações (que ainda hoje são tema de conversa nos jantares de convívio). O quarto e último ano, marca por isso mesmo, por ser o final de um percurso. No que toca a melhores momentos, poderia ficar uma eternidade a falar... Não chegaria o espaço destinado a esta entrevista...

 

O que surgiu depois de concluir a formação académica no ISAVE (pequeno resumo do percurso profissional)?

Já durante o quarto ano trabalhava em dois clubes das divisões distritais o GD Adaúfe (futebol sénior e camadas jovens) e o GD Caldelas (Futsal sénior) onde fui campeão de futsal distrital da AF Braga e vencedor da Taça de Futsal da AF Braga. Após terminar o curso, iniciei estágio profissional numa clínica, Feasy (Setembro 2015) e em simultâneo trabalhei no GD Figueiredo (camadas jovens). Ainda nessa época (2015/16), ingressei no Hóquei Clube de Braga (1ª divisão nacional de hóquei em patins sénior). Após terminar essa época, surgiu a oportunidade de ir trabalhar para o Sporting Clube de Braga. Comecei a época (2016/17) nas camadas jovens (sub-16). Contudo, a meio da época, surgiu a oportunidade de ir coordenar o departamento de futebol feminino (sénior). Oportunidade que não pude recusar, tendo acabado a época em 2º lugar e com a participação na final da taça de Portugal. Simultaneamente, trabalhei no Sport Clube Maria da Fonte (Pró-nacional AF Braga) tendo terminado a época, também, em 2º lugar. Neste momento, continuo no Futebol feminino do Sporting Clube de Braga e no Sport Clube Maria da Fonte.

 

O que distingue o ISAVE?

No meu ponto de vista, há três coisas que distinguem o ISAVE:

  1. As instalações. Recentes, práticas e cómodas, proporcionam um bom meio para uma aprendizagem, facilitando a vida aos estudantes.
  2. Os profissionais, docentes e não docentes. Professores muito de excelência, que são referência no país. Pessoal não-docente muito atencioso, sempre pronto a resolver qualquer problema.
  3. É uma instituição muito pessoal, toda a gente se conhece. Sentimo-nos em casa.

 

Se tivesse que descrever o ISAVE numa só palavra, qual seria?

Descrever o ISAVE numa só palavra torna-se um pouco difícil, pelos quatro anos aí passados, pela qualidade do ensino, pelas excelentes pessoas que desde o início tudo fizeram para que a minha formação fosse de excelência. Contudo, se escolhesse uma palavra só seria: EXCELÊNCIA!

 

Gostaria de deixar alguma mensagem aos estudantes do seu curso (aos que já frequentam e aos que vão ingressar no próximo ano letivo)?

Aos que já frequentam, aproveitem ao máximo todas as ferramentas que a instituição tem ao vosso dispor. Estudem muito, durante e após o curso e aproveitem as formações complementares que o ISAVE proporciona em parceria com outras instituições.

Aos que tencionam ingressar, que não tenham dúvidas da qualidade da instituição e do curso. Ao longo dos vários anos de vida da instituição, têm sido formados dos melhores profissionais na área a nível nacional, sendo o ISAVE considerado, pela comunidade, das melhores instituições na área da saúde.

 

Aconselharia o ISAVE aos seus amigos/ as e familiares?

Claro que sim. Também eu fui aconselhado por alguns amigos que se formaram no ISAVE e cabe-me passar esse testemunho a quem me é mais próximo.

 

Gostaria de fazer parte da Associação dos Antigos Alunos do ISAVE?

Sim.