Erasmus maisErasmus+ é o novo programa da UE para a Educação, Formação, Juventude e Desporto.

Entrou em vigor a 1 de janeiro de 2014 e integra os vários Programas já existentes a nível europeu: Aprendizagem ao Longo da Vida (Erasmus, Comenius, Leonardo da Vinci e Grundtvig), Juventude em Ação, Erasmus Mundus, Tempus, Alfa e Edulink, para além de integrar iniciativas no setor do Desporto. Este programa estará em vigor entre 2014-2020.

O programa Erasmus+ é destinado a apoiar as atividades de educação, formação, juventude e desporto em todos os setores da aprendizagem ao longo da vida, incluindo o Ensino Superior, Formação Profissional, Educação de Adultos, Ensino Escolar e Atividades para jovens.

O ISAVE proporciona aos seus estudantes a possibilidade de efetuarem períodos de "Mobilidade Internacional". Podem efetuar parte dos estudos e/ou um estágio numa outra Universidade ou Instituição de Saúde (Hospital, Clinicas, entre outros).

 

 

Objetivos do Erasmus+

 

Contribuir para o sucesso das políticas e estratégias europeias:
 
  • Estratégia Europa 2020;
  • Cooperação europeia no domínio da educação e formação (EF 2020);
  • Modernização do ensino superior nos países parceiros;
  • Cooperação no domínio da juventude (2010-2018);
  • Desenvolvimento da dimensão europeia no desporto;
  • Artigo 2º do Tratado da União Europeia.

Gerar efeitos positivos e duradouros nos participantes e nas organizações, nomeadamente: 

  • Qualidade da educação, formação e ações para jovens, incluindo jovens desfavorecidos;
  • Empregabilidade, competência linguística e profissionais, motivação para aprender;
  • Iniciativa e empreendedorismo, empowerment e autoestima, interculturalidade, participação ativa;
  • Projetos e valores da U.E., conhecimento de políticas de educação formação e juventude;
  • Internacionalização e modernização, motivação para trabalhar e ambiente dinâmico nas organizações.
 
 
Prioridades do Erasmus+
 
  • Promover junto dos jovens inclusão social e bem-estar (incluindo o tema do desemprego)
  • Promover comportamentos salutares, atividades aos ar livre e desporto como lazer;
  • Aumentar a consciência da cidadania da U.E.;
  • Desenvolver competâncias básicas e transversais, nomeadamente empreendedorismo, competências digitais e multilinguismo com pedagogias inovadoras;
  • Encorajar o uso das TIC no trabalho com jovens e da educação não-formal; inclusive com REA/OER;
  • Aumentar a coerência entre as ferramentas para a transparência e reconhecimento de competências e qualificações.
 
Ação 1: A mobilidade individual para fins de aprendizagem , permite:
 
  • Períodos de estudos ou estágio para estudantes do Ensino Superior e recém graduados
  • Estágios profissionais para formandos, estudantes em formação profissional inicial e recém graduados
  • Intercâmbio de jovens
  • Atividades do Serviço Voluntário Europeu
  • Desenvolvimento profissional e formação de pessoal em todos os sectores da educação, formação e juventude.
 

O ERASMUS+ compreende as seguintes ações-chave:

• Ação-chave 1 (KA1) – Mobilidade individual para fins de aprendizagem

• Ação-chave 2 (KA2) – Cooperação para a inovação e o intercâmbio de boas práticas

• Ação-chave 3 (KA3) – Apoio à reforma de políticas

• Atividades Jean Monnet

• Desporto

 

ECHE - Carta ERASMUS+ 2014-2020

Declaração de Política Erasmus/Erasmus Policy Statement (2014/2020)

 

Mais informações em:

Guia do programa (inglês)

Portal do Programa ERASMUS+

Agência Nacional PROALV